Esportes

  • Terça-feira, 17 de Outubro
  • Onde quer que vá, vá com o coração!
Esportes

Matéria

Quinta-feira, 05.10.17 às 00:00 / Atualizado em 04.10.17 às 22:53

Brasil encara a Bolívia e a altitude

Agência Estado
Lucas Figueiredo/CBF Thiago Silva - 05102017
Thiago Silva convenceu Tite e ganhou chance, substituindo Marquinhos

O Brasil já classificado para a Copa do Mundo de 2018, invicto nas Eliminatórias Sul-Americanas sob o comando do técnico Tite e com a liderança assegurada terá pela frente nesta quinta-feira, 5, às 17 horas (de Brasília), no estádio Hernando Siles, em La Paz, o desafio mais temido. A Bolívia não assusta pela qualidade técnica, mas sim pela altitude.

A condição adversa faz do país vizinho a nação sul-americana onde a Seleção está há mais tempo sem vencer uma partida do torneio classificatório: já são 32 anos. A última vitória brasileira sobre a Bolívia fora de casa pela competição foi em 1985, em jogo disputado longe da altitude, em Santa Cruz de la Sierra. Em toda a história, apenas em 1981 a Seleção ganhou em La Paz.

“Já estive duas vezes lá e temos uma estratégia. A posse de bola é uma marca da equipe. Mas tenho outras estratégias táticas que vou segurar um pouco e não contar”, disse Tite.

Para acabar com essa escrita, Tite aposta em uma mescla da formação ideal descoberta durante os últimos jogos com testes pontuais. O zagueiro Thiago Silva ganha nova chance, Alex Sandro herda a vaga na lateral esquerda após as lesões de Marcelo e Filipe Luís e, por fim, Philippe Coutinho volta ao lado direito do ataque, como substituto de Willian.

Formada basicamente por quem atua no campeonato local, a Bolívia só pontuou nestas Eliminatórias quando foi mandante. A equipe tem como um dos desfalques o técnico Mauricio Soria. Punido por confusões no jogo contra o Chile, ele terá de dirigir o time das tribunas.

A Seleção de Tite busca igualar a melhor campanha da história do torneio, obtida pela Argentina, para a Copa do Mundo de 2002. Se vencer as duas últimas partidas, o Brasil superará a rival por ter melhor saldo de gols.

Ficha Técnica

Bolívia

Lampe; Raldes, Gutierrez e Valverde; Bejarano, Justiniano, Machado, Arce e Morales; Marcelo Moreno e Fierro. Técnico: Mauricio Soria.

Brasil

Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Alex Sandro; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

Árbitro: Fernando Rapallini (Fifa/Argentina). Local: estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia), nesta quarta-feira, 5, às 17 horas (de Brasília), com transmissão ao vivo pela Rede Globo e o canal Sportv.

 

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.