Cultura

  • Quinta-feira, 19 de Outubro
  • Onde quer que vá, vá com o coração!
Cultura

Matéria

Quarta-feira, 27.08.14 às 00:45

“Sandwalk with me” e “Dentro é Lugar Longe” estreiam no FIT

Graziela Delalibera
Christiane Forcitoni/Divulgação “Sandwalk with me” e “Dentro é Lugar Longe” estreiam no FIT
“Dentro é Lugar Longe”, da Trupe Sinhá Zózima: encenação acontece dentro de um ônibus em movimento

O simples ato de caminhar irá se transformar numa cena curiosa hoje à tarde, quando a programação do Festival Internacional de Teatro (FIT) invadir o centro de Rio Preto. A carioca Marcela Levi e a argentina Lucía Russo, da Improvável Produções, acompanharão um grupo de 15 espectadores-participantes numa caminhada coletiva em ritmo lento, propondo uma experiência de desaceleração e descompasso do tempo.


Trata-se da intervenção urbana “Sandwalk with me”, criada pela dupla de coreógrafas e bailarinas, com saída marcada às 16 horas, em frente ao Sebo Estação Cultural da rua Voluntários de São Paulo. O trajeto será surpresa, assim como o ponto de chegada. “O que a gente quer é justamente provocar um choque de tempo. Um centro comercial onde as pessoas estão ali com alguma função, normalmente com algum objetivo - quer seja para comprar, quer seja para sair de um lugar e chegar ao outro - a gente simplesmente caminha.


A ideia é justamente fazer um caminhar à deriva, dentro de um espaço onde as pessoas caminham com muita eficiência e objetividade”, diz Marcela. Ela e Lucía estão em Rio Preto desde o início da semana. As artistas chegaram com antecedência para definir o percurso. Os participantes trocarão seus calçados por sandálias especiais, que carregam areia em seu interior, sendo forçados a dar passos mais lentos. Também usarão fones abafadores. O resultado será uma caminhada de 40 minutos, num trajeto normalmente percorrido em torno de 10 minutos.

Edvaldo Santos Carioca Marcela Levi e argentina Lucía Russo propõem uma experiência de desaceleração no centro da cidade com a intervenção “Sandwalk with me”
“É como estar na praia caminhando, só que você está no centro da cidade. A gente faz uma flexão desse tempo comercial, da objetividade, da eficiência.” Além de simpatizar com o balanço e as ondulações do mar, “Sandwalk with me” também evoca uma época em que charretes e bondes atravessavam o centro do Rio de Janeiro, no início do século 20.

O projeto surgiu em 2012, durante o programa Rio Occupation London, da Secretaria Estadual de Cultura do Rio, que convidou 30 artistas para uma residência de 30 dias em Londres, nas Olimpíadas. Lá, o visitante era convidado a trocar temporariamente seu sapato para percorrer a exposição, transportando um chão instável, ou seja, carregando um chinelo com areia.

“Perguntaram para cada um dos artistas o que queriam levar do Rio para Londres. E a gente pensou nas noções olímpicas - que são o triunfo, o fracasso, quem chega primeiro, quem chega por último -, e que são noções bastante contemporâneas ao nosso ver - de eficiência, de objetividade. Aí, quisemos levar um chão instável, um andar não eficiente e vulnerável. Procuramos designers da PUC do Rio, e a gente inventou uns chinelos preparados, que carregam areia de praia dentro, e isso é um dispositivo de desaceleração.”

Depois de Londres, o projeto foi levado ao Rio de Janeiro, no Festival Panorama; viajou para o México, Chile e Barcelona, e foi considerado um dos melhores trabalhos de 2013 pelo jornal “O Globo”. Marcela trabalha com dança contemporânea há mais de 20 anos, e há quatro fundou a Improvável Produções junto com Lucía, que é radicada no Rio. Amanhã, a intervenção volta a ser realizada, no mesmo horário e com saída do mesmo local, mas não há mais ingressos para nenhuma das sessões.

Outra produção que irá colocar o espectador em movimento durante esta edição do FIT, hoje e amanhã, é “Dentro é Lugar Longe”, da Trupe Sinhá Zózima, de São Paulo. A peça é encenada dentro de um ônibus em deslocamento, potencializando a ideia de viagem, de partida que ao mesmo tempo é chegada.

Pierre Duarte Peruanos da peça “Sueños de Gigantes” levaram o público em cortejo da avenida Alberto Andaló até a Represa, na abertura do FIT
Antes de “Sandwalk with Me” e “Dentro é Lugar Longe”, o público do FIT já havia sido convidado a movimentar-se e a sair do lugar-comum com o cortejo “Sueños de Gigantes”, da peruana La Gran Marcha de los Muñecones, que inclusive integrou a abertura do festival, saindo da avenida Alberto Andaló. “Dentro é Lugar Longe” terá duas apresentações por dia, às 15 e às 17 horas, a partir do Shopping Cidade Norte.

O público pode ocupar 28 lugares do ônibus por apresentação, e também não há mais ingressos. Anderson Maurício, diretor e cofundador da Sinhá, explica que, desde 2007, o grupo pesquisa o ônibus urbano como espaço cênico, espaço de descentralização e de democratização da arte. “O deslocar-se em transporte público faz parte do cotidiano dos integrantes da Trupe, que moram em regiões periféricas.

Mas, principalmente, é a forma como o trabalhador, o homem simples, pode viver a cidade. O grande problema é o estado como ele se encontra no transporte público - o aperto, as horas, o cansaço, o trânsito, o valor abusivo. Nossa aposta é pela humaniza-ção, pela ressignificação desse espaço, pelo encontro da arte, pela poesia e o poder de imaginação do trabalhador que, ao entrar no ônibus - tão comum no seu dia a dia - se depare com a possibilidade de transformação.”

A narrativa do espetáculo foi construída a partir de histórias orais dos artistas da trupe. Suas lembranças foram coletadas durante 24 horas ininterruptas, numa chácara nos arredores de São Paulo. A pré-estreia da peça foi em 2013, exatamente no dia 1º de maio, Dia do Trabalhador, com uma apresentação exclusiva para motoristas e cobradores de ônibus, percorrendo o centro velho da capital paulista.


O que ver no FIT*

“Meu Pai é um Homem Pássaro”, da Cia Simples, no Teatro “Paulo Moura”, às 15 horas
“Plástico Bolha”, da Cia. dos Pés, no Teatro do Sesi, às 17 e às 20 horas

* Espetáculos encenados em espaços abertos ou que ainda disponibilizavam ingressos até o fechamento desta edição. Informações no site www.festivalriopreto.com.br e pelo telefone (17) 3202-2310





Clique aqui e confira a programação de Teatro





>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.