Cidades

X
  • Terça-feira, 17 de Outubro
  • Onde quer que vá, vá com o coração!
Cidades

Matéria

Quinta-feira, 05.10.17 às 15:57

Vigia ateia fogo em creche e 4 crianças morrem

Agência estado
Foto: POLICIA MILITAR MG
Dezenas de crianças foram queimadas por chamas provocadas intencionalmente por um segurança em Janaúba (MG)

Dezenas de crianças foram queimadas por chamas provocadas intencionalmente por um segurança  no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no município de Janaúba, no Norte de Minas Gerais, na manhã desta quinta-feira, 5.

O agressor identificado como Damião Soares dos Santos , de 50 anos, morreu no hospital, segundo o Corpo de Bombeiros. De acordo com a Prefeitura de Janaúba, Santos era funcionário há 9 anos. Ele tirou férias de Junho a agosto.

Ainda de acordo com a Prefeitura, Santos voltou de férias em setembro e alegou problemas de saúde. Hoje ele iria entregar o atestado médico para a diretora da creche, quando cometeu o crime.

Ao menos quatro crianças de 4 a 6 anos morreram no local. O Corpo de Bombeiros contabiliza 22 feridos no total, sendo 9 deles em estado grave.

Inicialmente a Prefeitura de Janaúba informou a morte da professora Heley de Abreu Silva Batista, mas segundo o Corpo de Bombeiros, Heley está estado grave.

Uma das crianças mortas no incêndio provocado por um vigia na creche em Janaúba foi identificada  como Ana Clara Ferreira da Silva, de 4 anos. Conforme informações da funerária da cidade, para onde foram levados quatro corpos. No Hospital Regional de Janaúba, para onde foram encaminhados feridos, não teria ocorrido nenhum óbito até o momento.

Depois de jogar material inflamável nos alunos e provocar as chamas, o vigia Damião Soares dos Santos ateou fogo no próprio corpo, conforme os bombeiros. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Regional de Janaúba. 

No Facebook, moradores divulgam imagens da operação de resgate e também pedem doações de materiais ao hospital. Um helicóptero da Polícia Militar do Estado já está no local para encaminhar vítimas a regiões com maior estrutura. Aquelas em estado mais grave devem ser internadas no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, que é a unidade de referência do Estado para atendimento a queimados.

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.