Coluna do Diário

  • Quarta-feira, 18 de Outubro
  • Onde quer que vá, vá com o coração!

Rogério Castro

Editor de Política rogerio.castro@diariodaregiao.com.br

Quinta-feira, 20.04.17 às 23:21 / Atualizado em 20.04.17 às 23:21

TRE vai analisar se houve abuso contra Marcondes

Rogério Castro
Guilherme Baffi Agentes da PF - 21042017
Agentes da PF apreendem documentos do gabinete de Fábio Marcondes durante operação em outubro

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de assinante:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do
Diario da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Guilherme Baffi Agentes da PF - 21042017
Agentes da PF apreendem documentos do gabinete de Fábio Marcondes durante operação em outubro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, acatou manifestação da defesa de Rogério Martins, que foi cabo eleitoral do vereador Fábio Marcondes (PR) na campanha do ano passado, para que o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) julgue o mérito do pedido de habeas corpus contra supostas irregularidades da Polícia Federal no cumprimento do mandado de busca e apreensão em sua casa.

Martins tenta anular a apreensão de documentos e do seu celular feita pela PF a partir de decisão do juiz da 125ª Zona Eleitoral de Rio Preto, José Manuel Ferreira Filho. Foi a partir deste ato que a investigação contra Marcondes ganhou musculatura. O vereador teve o mandato cassado e se tornou inelegível por oito anos, com base nas provas colhidas pelos agentes federais. Ele recorre desta decisão também no TRE. 

Conteúdo de conversas de WhatsApp, registradas no telefone do cabo eleitoral, também foram determinantes para que o Ministério Público ingressasse, nesta semana, com ação penal contra Martins e Marcondes. O ministro do TSE Herman Benjamin disse ser preciso avaliar se houve “existência de eventual ilegalidade perpetrada em desfavor do paciente (Martins)”. “É indispensável que se afaste por completo a existência de flagrante constrangimento ilegal”, consta no despacho.

 

 

FRASE:

"São falsas essas afirmações feitas pelo delator. O inquérito vai provar isso, o que me dá total tranquilidade"

Rodrigo Garcia, deputado federal licenciado pelo DEM, sobre a acusação de ex-executivo da Odebrecht de que ele recebeu R$ 200 mil de caixa 2 na eleição de 2010

 

 

Acirp discute região metropolitana

A Frente Parlamentar em Defesa da Região Metropolitana de Rio Preto, coordenada pelo deputado estadual João Paulo Rillo (PT), faz reunião sobre o tema no próxima dia 28 na Acirp. Principal articulador da proposta na Assembleia Legislativa de São Paulo, o petista conseguiu apoio dos outros deputados da região no ano passado quando o governador Geraldo Alckmin (PSDB) criou a região metropolitana de Ribeirão Preto depois de ter ignorado a proposta de Rillo, que precedeu a de Ribeirão. O seminário vai ser aberto pelo presidente da Acirp, Paulo Sader, e terá sequência com palestras do professor e ambientalista Arif Cais e do médico Cacau Lopes.

 

 

coluna_ValdomiroLopes - 21042017

 

 

O ex-prefeito de Rio Preto Valdomiro Lopes (PSB) na UBS do Parque Industrial nesta quinta-feira, 20, à noite. Ele, que mora no Damha, disse que foi até o local tomar vacina contra a febre amarela. Estava acompanhado da mulher, Eliana

 

 

 

 

NOTAS:

Só para o ‘high’

Vira “tendência” em Rio Preto receber figurões da política que vêm à cidade para eventos públicos em almoços privados. No último dia 24, o presidente Michel Temer traçou um cordeiro na chácara da empresária Iolanda Bassitt. Nesta quinta-feira, 20, o ministro da Educação, Mendonça Filho, também foi recebido com comida árabe na casa dos pais do secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia, que moram no Damha. Em ambos, só a grã-finagem e agregados.

 

coluna_EdinhoFilho - 21042017

 

 

Pula uma casa

Entre os convidados, claro, o prefeito Edinho Araújo (PMDB), que levou a tiracolo Edinho Filho (foto). Lógico que a conversa girou sobre as pretensões políticas do rapaz nas eleições do ano que vem. A novidade é que em vez de deputado estadual, ele seja candidato direto a federal, “dependendo da conjuntura”.

 

Oficial 

A Prefeitura publica nesta sexta, 21, a abertura oficial de cerca de 120 processos administrativos contra servidores da educação que participaram de protesto promovido pela Atem (sindicato de funcionários do setor) no ano passado, com paralisação de serviços. Parte do grupo é acusada de apresentar atestado de doação de sangue para evitar desconto do dia não trabalhado.

 

 

NA REDE:

 

coluna_AloysioNunes - 21042017

Baixo nível é apelido

Além de críticas dentro do Congresso, como a do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) e a do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, foi alvo de ataques no Facebook por conta da aprovação do projeto dele no Senado que facilita a entrada de estrangeiros no País, em especial daqueles com a intenção de imigrar. A lei atual é do tempo da ditadura. Os comentários estão cheios de xenofobia explícita e insultos pesados contra Aloysio.

 

Ação orquestrada

Os comentários são tantos, que a assessoria do ministro desconfia de uma ação coordenada de “robôs”. A maioria dos ataques viria de “bolsonaristas”, como são chamados os seguidores do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). O ministro até escreveu texto para defender a lei, que ainda aguarda a sanção do presidente Michel Temer.

Medo dos gringos

Além de falar no Congresso, Caiado e Feliciano postaram vídeo no Face para criticar o projeto de Aloysio, do tempo em que ele ainda estava no Senado. Caiado diz que a proposta “escancara” as fronteiras brasileiras para “terroristas e traficantes”. Feliciano foi mais longe e apelou para a concorrência que os estrangeiros vão fazer para os “12 milhões de desempregados” no País.

Contraversão

Filho de Jair Bolsonaro, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) lançou campanha nas redes sociais contra “Os dias eram assim”, nova minissérie da Globo, cujo contexto aborda a violência e as perseguições políticas durante a ditadura militar no Brasil no início dos anos 1970. Bolsonaro filho, que assim como pai, celebra o regime e chama de “terroristas” quem lutava contra os militares, lançou o movimento #osdiasnãoeramassim 

 

 

CURTAS:

Nada a declarar - Em Rio Preto, o ministro da Educação, Mendonça Filho, que é do DEM, falou por mais de 15 minutos em evento na Swift, também deu entrevista coletiva em que abordou vários temas, menos um: o estrago da Lava Jato no governo de Michel Temer. Oito colegas dele nos ministérios estão na mira do STF. “Só vim falar de educação”, disse o ministro, fugindo do tema. 

 

coluna_JairMoretti - 21042017

 

 

Outro aporte - A Prefeitura mandou para a Câmara projeto que prevê aporte de mais R$ 1,2 milhão para a Riopretoprev, comandada por Jair Moretti (foto). Segundo o projeto, o repasse é necessário em função de “acréscimo inesperado” de despesas para regularização de imóveis incorporados à Riopretoprev e com o aumento de solicitações de aposentadorias. 

 

 

Fogo máximo - Apesar da resposta dura para negar a declaração do vereador Fábio Marcondes (PR) de que ela estaria de saída da Secretaria de Educação, Beth Somera não convenceu. O assunto segue fervendo dentro e fora da Prefeitura de Rio Preto. Nas redes sociais, há quem diga que Beth deixa o cargo na segunda, 24. Outros dizem que ela até fica por mais um tempo, mas curto. 

A parte prática - Se a burocracia não atrapalhar, a transferência do 52º Batalhão da Polícia Militar de Rio Preto para Mirassol termina até o final de maio, com o deslocamento do sistema de telecomunicações, homens e viaturas. Quando tudo estiver pronto, o secretário estadual Segurança Pública, Mágino Alves Borbosa Filho, deve vir a Mirassol para a inauguração.

 

Comentários

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.