Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 21
19/01/2020 - 00h30min

HIP HOP

Rio-pretense, MC Gra lança videoclipe 'Confusão'

Novo trabalho da rapper foi divulgado na conta do YouTube da cantora

Divulgação
"Confusão" é um manifesto de solidariedade entre os que resistem e reexistem pela cultura popular

A cantora e compositora MC Gra, uma das principais representantes femininas no rap nacional, acaba de lançar seu novo clipe "Confusão". Com a produção de Henrique Sezara, o vídeo já está disponível nas plataformas digitais e conta com um time de dançarinas de peso. A faixa apresenta um manifesto de solidariedade entre os que resistem e reexistem pela cultura popular.

"Confusão" apresenta uma mistura de dois gêneros musicais que surgiram na periferia, ao mesclar uma letra de Rap com uma batida de funk. A união dos dois gêneros foi uma estratégia adotada pela rapper para atrair a atenção do público jovem, cativado pelo ritmo desse gênero nacional.

"Nos meus trabalhos, eu me preocupo muito com o cunho social. Por isso pensei em fazer um funk que tivesse uma mensagem para os jovens. Para que eles se atentem ao que estão ouvindo e recebendo em termos de mensagem", destaca a MC. "Quero mostrar que dá para fazer uma funk divertido e dançante, mas também conseguimos fazer um funk com conteúdo e com uma crítica social. A música é um instrumento de educação muito grande", diz a MC.

No clipe, a artista conta com as participações especiais como da dançarina Sabrina Rocha, integrante do grupo de bailarinas do Faustão; Bella Fernandes, dançarina e coreógrafa que realiza workshops de dança pelo Brasil e integra o grupo de balé de artistas, como as cantora Anitta e Ludmila e das dançarinas Carol Fagundes e Julia Santos.

São mulheres que se tornaram relevantes em seus segmentos e que têm em comum a origem humilde, nas periferias do Brasil. "Eu conheço essas garotas desde antes de elas ganharem essa projeção e eu sei que elas são de origem muito simples, que saíram de locais com uma realidade muito difícil. A luta delas é muito árdua, mas acreditaram nesse sonho, então por isso elas foram selecionadas", destaca a rapper, ao defender que atualmente as dançarinas se tornaram inspiração para suas comunidades e mulheres de todo o País.

O cenário para a gravação das cenas também apresenta uma importante simbologia para a artista. No início do vídeo, o grupo se encontra na linha do trem, na zona norte, para depois seguirem para um clube. "Carinhosamente eu chamo aquele local de quintal de casa, porque foi onde, na década de 90, eu escrevi os meus primeiro raps e encontrei um refúgio, para fugir do olhar da sociedade que oprimia e criminalizava o Hip Hop" lembra. "Nesse ponto, todas as garotas se encontram, cada uma vindo da sua comunidade, e indo desfrutar de um dia em um importante clube. O que mostra que com luta é possível quebrarmos diversas barreiras", finaliza.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos tr�s primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.