IMG-LOGO
Home Lifestyle
Sustentabilidade

Metas para o desenvolvimento sustentável

Discussões nacionais e internacionais têm girado em torno dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A partir desta edição a revista Vida&Arte, totalmente remodelada, estará trazendo para você, leitor, uma série de reportagens sobre sustentabilidade. Julgamos ser este um tema de extrema importância. As inúmeras notícias de desmatamento e o aumento das queimadas em todo o Brasil levanta mais uma vez a questão: você está fazendo a sua parte e pensando nas futuras gerações?

A primeira traz as 17 Metas da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável – adotada por líderes mundiais em setembro de 2015 em uma histórica conferência das Nações Unidas (UN Summit). Com essas novas metas que se aplicam universalmente a todos, países estão mobilizando esforços a fim de acabar com todas as formas de pobreza, lutar contra as desigualdades e enfrentar as mudanças climáticas, garantindo que ninguém seja deixado para trás.

Eles reconhecem que o fim da pobreza deve acompanhar estratégias que construam crescimento econômico e atendam a uma variedade de necessidades sociais, incluindo educação, saúde, seguridade social e oportunidades de emprego, enquanto combatem as mudanças climáticas e a proteção do meio ambiente.

Para que as Metas sejam alcançadas, cada um precisa fazer sua parte: governantes, empresários, sociedade e pessoas como você. Leia a lista a seguir:

1) Sem pobreza: erradicar a pobreza em todas as suas formas e em todos os lugares

Erradicar a pobreza no mundo é a primeira meta. Milhões de pessoas carecem de recursos básicos para desfrutar de uma vida decente. A Meta 1 vai assegurar que todo mundo tenha acesso a comida, abrigo, roupas, assistência médica e educação para que todas as pessoas possam ser participantes plenos na sociedade. Ser pobre também significa não ter acesso a coisas essenciais como segurança social, novas tecnologias, propriedade, controle sobre a terra e condições financeiras – tudo o que esta Meta busca corrigir. Pode ser que também precisemos ajudar as pessoas afetadas por desastres climáticos e naturais, além de choques sociais e econômicos.

2) Fome zero: acabar com a fome, alcançar a segurança dos alimentos e a melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável

Mesmo que haja comida suficiente para alimentar todo mundo, muitas pessoas, inclusive crianças, ainda passam fome. A Meta 2 concentra-se em abordar práticas agrícolas inadequadas, desperdício de alimentos e degradação ambiental para garantir que ninguém fique com fome. Precisamos melhorar a maneira como os alimentos são cultivados agora e no futuro, sem causar danos à natureza. Isso pode ser feito através do apoio à agricultura local e em pequena escala, fornecendo mais fundos para a produção de alimentos, especialmente nos países mais pobres, e ajudando a limitar a volatilidade nos preços dos alimentos.

3) Saúde e bem-estar: garantir uma vida saudável e promover o bem-estar para pessoas de todas as idades

Quando as pessoas estão bem de saúde, as sociedades prosperam. Embora tenha sido feito muito para reduzir o impacto da Aids, malária e outras doenças nos últimos anos, um progresso real pode ser alcançado quando todos, incluindo mulheres e crianças, têm acesso a bons cuidados de saúde. A Meta 3 inclui objetivos essenciais, como a redução da mortalidade materna e do óbito de bebês e crianças; promoção do planejamento familiar; prevenção e tratamento de vícios; e ter o número dos acidentes de trânsito em todo o mundo. Existe uma necessidade global urgente de acabar com as epidemias, fornecer vacinas acessíveis e medicamentos essenciais para todos, reduzir o risco de poluição química e biológica e a contaminação das pessoas. Essa Meta não pode ser alcançada sem aumentar o número de médicos(as) e enfermeiros(as) nas áreas mais vulneráveis do mundo.

4) Educação de qualidade: garantir educação inclusiva e de qualidade e promover aprendizado ao longo da vida para todas as pessoas

O acesso à educação pode ajudar a tirar as pessoas da pobreza, trazer uma compreensão mais profunda do mundo ao nosso redor e oferecer melhores oportunidades para todos, inclusive meninas. A Meta 4 é garantir que todos tenham acesso ao aprendizado, não importa quem sejam ou onde estejam. Pessoas em situação de vulnerabilidade, incluindo crianças, pessoas com deficiência e povos indígenas devem receber educação de qualidade. A Meta 4 insiste que todas as pessoas sejam educadas para promover direitos humanos, paz e não-violência, para que possamos coexistir harmoniosamente.

5) Igualdade de gênero: alcançar igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas

Mulheres e meninas ainda sofrem discriminação e violência – e elas são a metade da população do mundo! A Meta 5 é alcançar a igualdade de gênero, incluindo acesso igual a educação, assistência médica e trabalho decente, os quais só podem beneficiar as sociedades. Acabar com a discriminação e a violência contra mulheres e meninas em todo o mundo, incluindo casamento forçado e mutilação genital feminina, são essenciais para alcançar essa Meta. Também precisamos garantir que mulheres e meninas tenham acesso total a direitos humanos sexuais e reprodutivos essenciais. As mulheres precisam ser capazes de possuir propriedades, acessar serviços financeiros e novas tecnologias e participar de todos os níveis da vida política, econômica e pública de suas comunidades. Aumentar o número de mulheres que se tornam líderes, gerentes de empresas e membros do parlamento em seus países é outra parte essencial desta Meta.

6) Água limpa e saneamento básico: garantir acesso a água e saneamento básico para todas as pessoas

Há bilhões de pessoas em todo o mundo sem acesso a água potável e banheiros, um direito humano que muitos de nós temos como certo. A escassez de água e o saneamento inadequado têm um custo enorme, principalmente quanto ao número de pessoas, especialmente crianças, que morrem de doenças todos os anos. A água é essencial para a vida e, portanto, não deve ser poluída, mas sim reciclada e reutilizada por todos. A Meta 6 inclui a proteção e restauração de áreas onde a água pode ser encontrada, como florestas, montanhas, pântanos, rios e lagos; ajudar as comunidades locais a gerenciar seu abastecimento de água; garantir que a água seja fornecida de maneira justa a todos e incentivar os países a trabalharem juntos pelo bem comum em áreas onde o suprimento de água é compartilhado além de suas fronteiras.

7) Energia acessível e limpa: garantir acesso a energia confiável, sustentável e moderna a todas as pessoas

Devemos fornecer energia acessível e confiável às bilhões de pessoas que ainda dependem de madeira e carvão para cozinhar e se aquecer. A Meta 7 também destaca a necessidade de energia limpa e renovável para ajudar a combater as mudanças climáticas. A energia deve ser produzida de maneira moderna, barata, confiável e viável. Deve ser o mais limpa possível e provir de fontes livres de poluição, como sol e vento. Essa Meta visa a apoiar e expandir o fornecimento de formas modernas de energia aos países em desenvolvimento e garantir que todos os países trabalhem juntos para promover pesquisas sobre energia limpa e melhorar a tecnologia que beneficiará as pessoas e o planeta.

8) Trabalho decente e crescimento econômico: promover um crescimento econômico inclusivo e sustentável, emprego e trabalho decente para todas as pessoas

Com o aumento do desemprego em todo o mundo, precisamos encontrar maneiras de criar mais empregos. A Meta 8 exige mais empregos que não apenas ofereçam salários decentes, mas também estimulem a economia e ofereçam oportunidades iguais para homens e mulheres, protegendo o meio ambiente. Proporcionar trabalho a todos aumentará a riqueza pessoal e, assim, fortalecerá a economia em cada país. Devemos garantir que todos, incluindo todas as mulheres, homens, jovens e pessoas com deficiência, possam ser empregados e que todos sejam pagos igualmente pelo mesmo trabalho. Aumentar o número de pequenas e médias empresas que podem empregar pessoas em empregos produtivos sem prejudicar o meio ambiente também é uma parte importante desta Meta. Juntos, devemos erradicar o trabalho forçado, a escravidão moderna, o tráfico de pessoas e o trabalho infantil em todo o mundo.

9) Indústria, inovação e infraestrutura: construir uma infraestrutura resiliente, promover uma industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação

A Meta 9, basicamente, afirma que, para uma sociedade crescer, deve incentivar indústrias que tragam oportunidades para todos, ao mesmo tempo em que protegem o meio ambiente. Essas indústrias também devem ser apoiadas por uma infraestrutura resiliente, como transporte confiável e inovação tecnológica. As indústrias que empregam pessoas precisam receber apoio tecnológico, financeiro e científico para que tenham sucesso, principalmente nos países em desenvolvimento. É essencial o acesso de todos à tecnologia da informação e comunicação, bem como à Internet.

10) Redução das desigualdades: diminuir a desigualdade dentro dos países e entre eles

Para melhorias reais em uma sociedade, todos precisam ter acesso a oportunidades que lhes permitam crescer como indivíduos. Mas esse não é o caso em muitos lugares em que as pessoas enfrentam discriminação por causa de gênero, deficiência, grupo étnico ou racial ou por sua origem. A Meta 10 procura garantir que todas as pessoas em todo o mundo tenham a chance de viver uma vida saudável e feliz. Trata-se de reduzir as desigualdades entre pessoas ricas e pobres, bem como entre países ricos e pobres. Os países em desenvolvimento precisam ter mais voz nos sistemas econômico e financeiro internacionais e ser apoiados por meio de ajuda internacional. Deve ser garantida a migração segura e ordenada de pessoas.

11) Cidades e comunidades sustentáveis: tornar as cidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis

As cidades são centros que dão vida a ideias, comércio, cultura, ciência, produtividade e muito mais. Mas elas enfrentam muitos desafios, como poluição, falta de serviços básicos para muitos cidadãos e infraestrutura em declínio. Nossas cidades e vilas precisam ser limpas e seguras, com boas casas e serviços básicos, como água e eletricidade. Elas também precisam de sistemas de transporte limpos e eficientes e áreas verdes que todos possam desfrutar. As pessoas precisam ser protegidas contra desastres e os efeitos das mudanças climáticas. Locais culturais e naturais importantes precisam ser preservados para todos. Precisamos melhorar a qualidade do ar e a gestão de resíduos, apoiando os países em desenvolvimento na construção de melhores edifícios com materiais locais.

12) Consumo e produção responsáveis: garantir padrões de consumo e produção responsáveis

A Meta 12 quer nos fazer pensar duas vezes sobre as coisas que usamos, os resíduos que criamos e como isso afeta nosso planeta. Mudar nosso comportamento para ações mais sustentáveis, como a reciclagem, realmente faz a diferença quando todos – incluindo indivíduos, empresas, governos – contribuem. Existem muitas coisas que todos podemos fazer para alcançar esta Meta. A Meta 12 visa a melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas, e não apenas de algumas, em todos os lugares do planeta.

13) Ação contra as mudanças climáticas globais: tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e seus impactos

Nosso clima sempre mudou, mas nos últimos 200 anos as mudanças se tornaram mais extremas por causa da atividade humana. A mudança climática está afetando todos os países e continentes e as pessoas mais pobres e vulneráveis estão sendo as mais afetadas. A Meta 13 é encontrar soluções, como energia renovável e tecnologias limpas, para combater as mudanças climáticas. Mas serão necessárias ações dos governos, do setor privado e da sociedade civil para causar um impacto significativo. É urgente educar as pessoas e aumentar sua conscientização sobre as mudanças climáticas nas escolas e através do alcance da comunidade. Os países em desenvolvimento exigem recursos financeiros para se protegerem contra os efeitos das mudanças climáticas. É necessário apoio aos países em desenvolvimento e aos pequenos Estados insulares em desenvolvimento para ajudar nas consequências das mudanças ambientais, com foco especial nas mulheres, jovens, comunidades locais e pessoas desfavorecidas.

14) Vida na água: conservação e uso sustentável de oceanos, mares e recursos marinhos

A Meta 14 é proteger os oceanos, os mares e todas as suas espécies. Por quê? Porque os oceanos fornecem alimentos, medicamentos, biocombustíveis e empregos para milhões de pessoas. Cuidar bem de nossos oceanos também nos ajuda a lidar com as mudanças climáticas. Precisamos de oceanos saudáveis, e eles precisam de nós para protegê-los! Todos nós devemos trabalhar individualmente para reduzir os detritos plásticos que causam grandes danos à vida vegetal e animal e ameaçam as espécies. Alguns dos objetivos da Meta 14 consistem em reduzir a acidez marinha, controlar a pesca excessiva e a pesca ilegal para restaurar os estoques de peixes e aumentar as áreas marinhas e costeiras protegidas em todo o mundo. Ela se esforça para proteger legalmente os oceanos e os mares através da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar e ajudar os países em desenvolvimento e os pequenos Estados insulares em desenvolvimento que são particularmente afetados.

15) Vida terrestre: manejar florestas de forma sustentável, combater a desertificação, interromper e reverter a degradação da terra, deter a perda de biodiversidade

Todos fazemos parte do ecossistema global. A Meta 15 é garantir que interrompamos as atividades que ameaçam nosso lar global. Isso inclui desmatamento, degradação da terra e perda de espécies animais e vegetais. A natureza contribui muito para a vida das pessoas e é essencial protegê-la. Esta Meta exige um fim urgente à matança e tráfico de espécies protegidas e aumento de gastos para proteger a natureza e ajudar os países em desenvolvimento a fazê-lo. Também visa a educar as pessoas a respeitarem a terra e tudo o que ela nos dá, para que nossos filhos continuem a desfrutar da natureza no futuro.

16) Paz, justiça e instituições eficazes: promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, fornecer acesso à justiça para todas as pessoas e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis

Muitas pessoas experimentam guerra e violência. A Meta 16 é encontrar maneiras de garantir que todos vivam em uma sociedade pacífica, onde possam ter acesso à justiça e não tenham medo. Ela se esforça para acabar com o abuso, a exploração, o tráfico e todas as formas de violência física ou psicológica contra crianças e adolescentes em todo o mundo. O objetivo é garantir que as armas pequenas e leves sejam controladas com muita rigidez. Juntos, devemos trabalhar para acabar com a corrupção e o suborno na vida pública; reduzindo bastante os fluxos ilegais de dinheiro e armas; devolver as propriedades roubadas para onde elas pertencem e combater o crime organizado e o terrorismo. Todas as pessoas são incentivadas a participar da vida pública de seus países.

17) Parcerias e meios de implementação para as Metas: revitalizar parcerias globais para o desenvolvimento sustentável

Para tornar realidade todos as Metas, será necessária a participação de todos. Isso inclui governos, setor privado, sociedade civil, organizações e pessoas como você! A melhor parte é que não precisamos trabalhar sozinhos. Se unirmos forças e parcerias, podemos chegar lá mais rapidamente e ter sucesso em cada Meta. Os países desenvolvidos devem ajudar os países em desenvolvimento com mais assistência financeira, científica e tecnológica, incluindo ajuda para exportar mais produtos internacionalmente e desenvolver sua própria capacidade local. Os países em desenvolvimento também devem ser ajudados a reduzir sua dívida, para que possam gerenciar melhor seu futuro.

Editorias:
Lifestyle
Compartilhe:

MAIS POPULARES